Diálise Peritoneal

apd2

A Diálise Peritoneal é outra forma de Terapia Renal Substitutiva (TRS). Nessa modalidade, um cateter (semelhante a uma pequena mangueira) é implantado no abdome do paciente. Diferentemente da hemodiálise, onde um filtro artificial (o capilar) faz a filtração do sangue do paciente, na diálise peritoneal é o peritônio que faz essa filtração.

O peritônio é uma membrana natural que existe dentro do abdome, ao redor dos órgãos. Um líquido especial, chamado líquido de diálise peritoneal é infundido pelo cateter e fica dentro da cavidade abdominal, em contato com o peritôneo. As impurezas do sangue passam pelo peritôneo e se acumulam no líquido. Depois de um tempo o líquido é removido pelo próprio cateter, levando as impurezas embora.

Existem dois tipos mais usados de diálise peritoneal:

  1. Diálise peritoneal ambulatorial contínua (DPAC ou CAPD na sigla em inglês): nessa modalidade, o paciente e sua família são treinados para fazer as trocas do líquido em casa. Todos os meses o material é entregue em domicílio e o paciente ou seu cuidador realizam 4 a 5 trocas de líquido por dia, todos os dias. Cada troca dura cerca de 30 minutos, e a pessoa leva uma vida normal entre as trocas.
  2. Diálise peritoneal automatizada (DPA ou APD na sigla em inglês): nessa modalidade, um aparelho especial é enviado para a casa do paciente junto com as bolsas de líquido. Todas as noites o paciente conecta o cateter de diálise à máquina e as trocas de líquido são feitas automaticamente enquanto o paciente dorme. Pela manhã ele se desconecta do aparelho e pode realizar suas atividades normalmente.

Reforçamos que não é preciso ter enfermeiro ou médico na família para fazer a diálise peritoneal em casa. Nossa equipe realiza todo o treinamento com o paciente e os familiares mais próximos, e esse sistema é feito para ser utilizado por pessoas sem experiência na área da saúde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>